Eu não tenho sócios, por ainda não ter encontrado um que realmente traga valor, isso pode ser um problema?


#1

Após uma dica da Izabelle e do Marcelo do Academy, descobri as “Convertible Notes” que achei o máximo. E não perdi tempo, já tenho duas pessoas trabalhando comigo em troca de notas conversiveis, e esta dando muito certo até agora. Mas isso me torna ainda mais seletivo quando penso em sociedade. Mas por fim, a questão é: Até onde não ter sócios pode ser ruim para mim ou prejudicar a minha startup, que esta apenas começando.


Para fazer o MVP e validar (validação que já fiz com produto ) seria mas fácil eu pagar por um App que me custaria 3.600 reais do que dar dez % para alguém de TI...?
#2

Vou dar uma opinião pessoal:
Eu só comecei a deslanchar nos meus projetos quando comecei a entender que não dá pra fazer tudo sozinho e é muito mais fácil ter parceiros e sócios que possam colaborar com o sonho que vc está vendendo. Dica minha: tenha poucos e bons sócios, mesmo que demore tempo para encontrá-los.


#3

@flvrodrigues estou com o Douglas. Já falamos em algumas mentorias que as melhores sociedades são aquelas que possuem sócios complementares. Você deve trazer para sociedade pessoas que complementam você e melhores que você. Pensem sempre em uma coisa: “se você é o melhor do seu time, você tem um time ruim. Se você é o pior do seu time, seu time é muito bom.”


#4

@Lvicente Concordo demais com isso, preciso de pessoas melhores que eu, talvez seja essa a minha maior relutância em aceitas as propostas de sociedade que já tive até agora.

@dnegrisolli também estou contigo. E comigo também… só comecei a produzir de verdade, quando comecei a envolver outras pessoas no projeto. Elas são tanto um apoio quanto um fator motivacional.

Não vou esquentar muito com isso não, acho que tudo tem o seu timing certo, no meio do caminho essas pessoas vão aparecer!

Obrigado!